o seu olhar melhora o meu...

(Arnaldo Antunes)



não vemos as coisas como são: vemos as coisas como somos.

(Anais Nin)

28 de dez de 2013

cabeça




Um comentário:

Sylvio de Alencar. disse...

Profícua, fotograficamente, esta sua estadia em Florianópolis...

Comentários às vezes não bastam, para refletir o que a gente pode sentir perante uma foto; e não se bastam também, a não ser que sejamos poetas, tenhamos conhecimentos técnicos, ou que estejamos animados e com as palavras na ponta da língua e dos dedos.

Assim que, me limito a 'comentar', embora, devo dizer, com sentimento:

- além de gostar de qualquer imagem em que o mar esteja presente (menos daquelas muito fotoshopadas...), a sua contém o equilíbrio definido pela linha d'água, as pedras e suas multi colorações, o líquido balanço,e principalmente, a sensação de profundidade que as ondas proporcionam; o cheiro, como não me canso de citar, vem junto com o pacote.

Pronto, comentei. :)

Ratifico minha impressão de que sim, seu trabalho vem se refinando. Não existem 'saltos ornamentais' neles, apenas um caminho que você vem percorrendo despacito, de maneira consciente.
Devo dizer-lhe que a tela do Face não traduz com fidelidade a magnitude da singela beleza que suas fotos possuem; por isso, fiquei contente em vir até aqui, que, sem duvida, se tornou um espaço altamente visitável.

Um abraço.